“Sobre o COAF, nunca fiz a permanência dele no MJSP uma questão pessoal”, declarou o Ministro Sério Moro

A comissão do Congresso que analisou a reestruturação do governo tirou o Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras) do ministério da Justiça, chefiado por Sérgio Moro. O Conexão Política divulgou ontem a lista dos nomes que votaram favorável e contra a retirada do Coaf das mãos de Moro.

No final da noite de ontem o Ministro Sérgio Moro manisfestou-se sobre a decisão em sua conta do Twitter. “Sobre o COAF, nunca fiz a permanência dele no MJSP uma questão pessoal. Defendi a medida para fortalecer o combate à corrupção, à lavagem de dinheiro, ao crime organizado e ao financiamento ao terrorismo. Já expliquei antes a relevância dapermanência do COAF no MJSP”, declarou.

Moro ainda agradeceu aos parlamentares que votaram favorável à permanência do Coaf no MJSP: “Agradeço aos parlamentares que nos apoiaram na comissão especial, Simone Tebet, Antônio Anastasia, Rose de Freitas, Juíza Selma, Randolfe Rodrigues, Alessandro Vieira, Otto Alencar, Filipe Barros, Daniel Coelho, Diego Garcia e Fernando Bezerra. Também agradeço ao Dep. João Roma. Agrego um agradecimento ao Dep. Joaquim Passarinho, muito correto.”

Conexão Política

Você pode gostar...