Líder diz que governo tem votos para aprovar reforma da Previdência na CCJ da Câmara

A líder do Governo no Congresso, deputada Joice Hasselmann, do PSL, afirmou nessa quinta-feira (18), que tem confirmados 43 votos favoráveis à admissibilidade do texto da reforma da Previdência, na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara.

A votação na CCJ, que estava marcada para o inicio da semana, foi adiada após uma série de articulações da oposição e de partidos ligados ao chamado Centrão. Sobre a votação no plenário, a líder do Governo preferiu não arriscar um palpite de quantos votos o governo têm hoje.

Ela disse que seria leviano falar em números de votos. No entanto, Joice disse que a meta pessoal dela é obter uma vantagem de, no mínimo, 40 votos além do quorum previsto no regimento da Câmara. Para aprovar a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da Previdência, no plenário, são necessários os votos de 308, dos 513 deputados. A deputada admitiu que o governo está disposto a negociar mudanças na Previdência, desde que seja mantida a economia de R$ 1 trilhão, em 10 anos.

EBC

Você pode gostar...